top of page

BR-174/RR terá R$ 100 milhões investidos em serviços de manutenção

Ordens de serviço para obras na rodovia foram assinadas pelo ministro Renan Filho


Espinha dorsal na infraestrutura de Roraima, a BR-174/RR terá 252 quilômetros de extensão recuperados e cerca de R$ 100 milhões investidos em serviços de manutenção. A retomada das melhorias foi autorizada nesta terça-feira (16), com a assinatura de três ordens de serviço pelo ministro dos Transportes, Renan Filho.


Conhecida como Manaus-Boa Vista, a BR-174 tem um total de 715 quilômetros de extensão e é considerada fundamental para a integração nacional e sul-americana, fazendo fronteira com a Venezuela. A rodovia é estratégica para a logística da região, uma vez que recebe o tráfego das rodovias lindeiras como as BR- 210/RR, BR-431/RR, BR-432/RR e BR-433/RR.


O segmento da BR-174 que será recuperado também é considerado imprescindível para o desenvolvimento regional por ser o corredor de suprimento de óleo diesel vindo de Manaus (AM) para alimentar termelétrica de Boa Vista (RR), garantindo a segurança energética do estado. O fluxo diário estimado é de 80 carretas para este fim.


“Nós assumimos o governo com a rodovia em estado muito ruim. Vamos intensificar nossos esforços para recuperá-la”, afirmou o ministro dos Transportes, ressaltando que a BR-174/RR é um importante corredor para suprir o estado de óleo diesel.


Trabalhos

Com a medida, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) devolverá à rodovia as condições adequadas de trafegabilidade e de segurança viária. O prazo de execução dos contratos é de 24 meses e os lotes estão divididos da seguinte forma:


Lote 1.4: Igarapé Caleffi – Caracaraí – 85,4 quilômetros de extensão; R$ 28,9 milhões em investimentos.

Lote 1.2: Igarapé Seabra – Igarapé Arruda – 79,6 quilômetros de extensão; R$ 36,7 milhões em investimentos.

Lote 2.2: Entroncamento RR-400 Pedra Pintada – Pacaraima (Venezuela) – 86,9 quilômetros de extensão; R$ 34 milhões em investimentos.


Orçamento

“Esse ano teremos R$ 312 milhões alocados no orçamento para Roraima. Esse valor ainda pode aumentar dependendo do desempenho da economia. Isso representa mais de duas vezes o que foi aplicado no ano passado pela gestão anterior”, disse Renan Filho.


Estão previstos para Roraima R$ 232,7 milhões para manutenção e outros R$ 80 milhões para construção e adequação de trechos, incluindo orçamento e restos a pagar.


Participaram da solenidade de assinatura a secretária nacional de Transporte Rodoviário do Ministério dos Transportes, Viviane Esse, e o diretor-geral substituto do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Fabrício Galvão.


O evento também contou com a presença, via videoconferência, do governador de Roraima, Antônio Denarium, do ministro do Tribunal de Contas da União Jhonatan de Jesus, e de um grupo de parlamentares representantes do estado.


Fonte: Frota & CIA

0 visualização0 comentário
bottom of page