top of page

Cadastro de mulheres caminhoneiras triplicou nos últimos três anos, revela plataforma

Em 2021, esse registro era de 3 mil mulheres e, atualmente, são cerca de 10 mil cadastradas na plataforma.


Um levantamento realizado pela Frete.com identificou um aumento nos últimos três anos de mulheres cadastradas como caminhoneiras, informou a plataforma nesta sexta-feira, 17. Em 2021 esse registro era de 3 mil mulheres e atualmente são cerca de 10 mil cadastradas na plataforma. A justificativa para esse aumento de 233%, segundo a entidade, está na oferta de uma segurança pessoal oferecida pela tecnologia da plataforma Frete.com.


A base de análise é a de caminhoneiros únicos ativos por mês na plataforma: 235 mil. Ou seja, 4% do total são mulheres. “É claro que é uma profissão predominantemente com presença de homens, até por questões que envolvem integridade e segurança física. Mas, o que podemos observar, é que nos últimos anos, com o avanço da tecnologia, com questões que vão de monitoramento rodoviário até a formação de um cadastro de dados mais eficiente, as mulheres tem se colocado mais seguras para esta carreira – que, claro, apresenta vários desafios”, aponta Federico Vega, CEO da Frete.com.


A plataforma Frete.com conta atualmente com um atendimento otimizado na Ouvidoria de acordo com a gravidade das denúncias recebidas, além de também fazer um atendimento de forma geral para o monitoramento de cargas, gerando mais segurança para os profissionais cadastrados.


Fonte: Frota & CIA

7 visualizações0 comentário
bottom of page