top of page

Orçamento mais robusto permite liberação de 45 KM revitalizados na BR-158/PA

Ministério dos Transportes vai investir cerca de R$ 1,6 bilhão nas rodovias e hidrovias do Pará neste ano. Valor é 2,5 vezes maior do que o executado em 2022


A recuperação do investimento público em rodovias pelo Governo Federal, por meio do Ministério dos Transportes, resultou em um trânsito mais seguro em uma rodovia fundamental para o escoamento da produção de minérios do sudeste do Pará pelo porto de Vila do Conde, na cidade de Barcarena (PA). Foram liberados 45 quilômetros revitalizados da BR-158/PA, em trecho que vai do Km 794 ao Km 839 da BR-158/PA, localizado em Santana do Araguaia (PA).


Foram aplicados R$ 15 milhões em serviços de microrrevestimento e recuperação da sinalização, executados pelas equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A renovação ocorreu como parte do contrato de manutenção que atende quase 200 quilômetros da rodovia, importante rota para o escoamento da produção de minérios de ferro, bauxita e manganês do Pará ao exterior via transporte marítimo.


Solenidade nesta terça-feira (13) em Brasília, com a presença do ministro dos Transportes, Renan Filho; da vice-governadora do Pará, Hana Tuma; do ministro das Cidades, Jader Filho; e de parlamentares federais e estaduais marcou a formalização da liberação do trecho ao trânsito à população paraense.


Investimento

“Cabe dizer que recebemos a BR-158 com 73% do seu percurso em condições ruins ou péssimas e que esperamos aplicar, só nessa rodovia, R$ 330 milhões na recuperação dessa estrada”, destacou Renan Filho. Na ocasião, o ministro ressaltou o fato do Pará ter assumido a terceira posição no ranking dos estados que mais aplicaram recursos desde o início de ano. Até o momento, foram aplicados R$ 417 milhões, ou 25,4% dos investimentos previstos para o estado.


O Governo Federal, por meio do Ministério dos Transportes, prevê investimento de aproximadamente R$ 1,6 bilhão nas rodovias federais e no modal aquaviário do Pará, valor 2,49 vezes maior do que o investido em 2022 pela gestão anterior. Do total previsto ao estado na lei orçamentária, aproximadamente R$ 907 milhões se encontram reservados para ações de manutenção e conservação no setor rodoviário.


De janeiro de 2023 até o momento, já foi possível finalizar as obras da Instalação Portuária Pública de Pequeno Porte (IP4) de Mosqueiro (PA), aumentando a segurança no embarque e desembarque de passageiros e cargas, bem como ampliar a visitação das rotas da região, que conta com 23 praias de água doce. Outro avanço foi contratar as obras de pavimentação dos 35 quilômetros restantes do principal corredor de exportação da safra agrícola do Pará, a BR-163/PA.


Período de obras

O objetivo do Governo Federal é devolver às rodovias federais paraenses condições adequadas de trafegabilidade, com mais segurança para os usuários, uma vez que essas estradas contaram com baixos investimentos nos últimos anos, o que levou a uma deterioração da malha viária.


Com a aproximação do verão amazônico, em julho, e o fim do período de chuvas, serão retomados serviços e obras fundamentais para o estado como a construção do trecho Altamira a Rurópolis da BR-230/PA e o Novo Repartimento a Tucuruí na BR-422/PA.


Fonte: Frota & CIA

0 visualização0 comentário

コメント


bottom of page