top of page

Sistema de Consórcios registra recordes no primeiro semestre de 2022

O segmento de veículos pesados atingiu 119,84 mil em adesão no primeiro semestre


O Sistema de Consórcios registrou o melhor acumulado semestral nos últimos dez anos ao totalizar 1,85 milhão de vendas de novas cotas em 2022. Além de superar em 12,1% o alcançado no mesmo período de 2021, quando atingiu 1,65 milhão, ultrapassou ainda em 81,4% o menor volume, anotado em 2016, que era de 1,02 milhão.


Nas adesões de janeiro a junho a distribuição setorial ficou dividida em 709,38 mil de veículos leves; 589,92 mil de motocicletas; 307,41 mil de imóveis; 119,84 mil de veículos pesados, 92,52 mil de eletroeletrônicos; e 31,91 mil de serviços.


O volume de consorciados ativos cravou 8,76 milhões, em junho, e apontou crescimento gradativo e consolidado, mês após mês, durante este ano. Assinalou crescimento de 9,0% sobre os 8,04 milhões daquele mesmo mês do ano passado.


A marca obtida foi resultado das participações de cada setor onde o Sistema de Consórcios está presente. Foram 80,8% no setor de veículos automotores, 14,5% no de imóveis, 2,5% no de eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis e 2,2% nos de serviços.


O sistema também registrou aumento de 77,6% nos eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis; 23,2% nos veículos pesados; 16,1% nos imóveis; 7,5% nas motocicletas; e 4,3% nos veículos leves. Serviços apresentou estabilidade.


Veículos pesados e agro

No segmento de veículos pesados, em especial nos mercados de transporte e agronegócio, o consórcio registrou sua importância ao proporcionar, de forma econômica e planejada, a renovação ou ampliação de frotas. Potencialmente, um a cada três caminhões negociados no mercado interno foram adquiridos pela modalidade. O agronegócio, fundamental para a economia, também pôde usufruir das vantagens do Sistema para a aquisição de equipamentos.


No primeiro semestre, os consórcios de veículos pesados, que incluem caminhões, tratores, implementos rodoviários e agrícolas, seguiram em alta em quatro dos seis indicadores setoriais. O destaque foram os 47,7% de aumento no acumulado de vendas de novas cotas.


Lado a lado com o desenvolvimento do agronegócio, o mecanismo cresceu no transporte rodoviário de cargas e de passageiros, bem como no segmento da agricultura e da pecuária, ao registrar 17,6% de alta nos negócios realizados. A somatória de contemplações também avançou 14,3%.


Os dados são parte do levantamento da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC).


Fonte: Frota & CIA

1 visualização0 comentário
bottom of page