top of page

Uberlândia é a 1ª de Minas e a 10ª do país no ranking Melhores Cidades do Brasil 2022

PESQUISA DA REVISTA ISTO É COM AUSTIN RATINGS ANALISOU 281 INDICADORES SOCIOECONÔMICOS DE TODOS OS MUNICÍPIOS BRASILEIROS


A qualidade de vida e os avanços econômicos conquistados por Uberlândia nos últimos anos tornam a cidade cada vez mais referência no país. Em novo ranking nacional divulgado na última semana, o polo logístico do Brasil Central voltou a ser destaque: é a 1ª de Minas Gerais e a 10ª do país na lista da edição 2022 das Melhores Cidades do Brasil. A pesquisa da revista Isto É foi realizada em parceria pela Editora Três e a agência classificadora de risco de crédito Austin Rating.


“Essa pesquisa reforça que todo o trabalho que temos conduzido para que a cidade siga se desenvolvendo está rendendo bons frutos. É resultado dos nossos esforços para investir em áreas prioritárias como a Saúde, Educação, Social e Infraestrutura, além da informatização e modernização do serviço público”, ressalta o prefeito Odelmo Leão.


Somando mais de 185 pontos, o desempenho uberlandense colocou o município à frente não só da capital mineira, Belo Horizonte, como também de outras referências nacionais de desenvolvimento, como São Paulo (SP), Porto Alegre (RS) e Ribeirão Preto (SP).


O ranking Melhores Cidades do Brasil se propõe a mapear o nível de desenvolvimento socioeconômico de todas as cidades brasileiras. A base de dados é formada pelo banco de informações de órgãos federais e instituições públicas, entre as quais estão o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Datasus.


Ao todo, foram considerados 281 indicadores, divididos nas seguintes categorias: fiscais (capacidade de arrecadação, execução de orçamento, aplicação na saúde e educação e capacidade de pagamento), econômicas (padrão de vida, mercado de trabalho e comércio exterior), sociais (atenção ao jovem, educação, responsabilidade social, habitação e qualidade de vida) e digitais: mobilidade digital e acesso digital ao conhecimento.


3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page