top of page

Volvo anuncia primeiros testes de seus caminhões elétricos no país

Modelo FM Eletric já roda em diversas rotas no Brasil, para levantar impressões junto aos frotistas


Imagem: volvogroup


No mesmo dia em que a fabricante chinesa XCMG anunciou o lançamento dos primeiros caminhões elétricos da marca para aplicação rodoviária, a Volvo revelou o início de testes nos país de seus pesados 100% elétricos. Segundo a empresa, o modelo FM Eletric produzido na Europa está sendo apresentado a empresas de transportes de diferentes regiões, com o objetivo de coletar impressões em aplicações tipicamente brasileiras.


“Queremos que os frotistas sintam os benefícios e os avanços de nossa tecnologia e os relatos têm sido muito positivos. Além da ausência total de emissões, os transportadores constatam também grande eficiência energética, inexistência de ruído, baixíssima vibração e alto conforto para o motorista. Sem contar o excepcional nível de segurança embarcada”, declara Wilson Lirmann, presidente do Grupo Volvo América Latina.


De acordo com a nota, as rotas misturam trechos urbanos e de rodovias, obedecendo as condições reais das demandas de cada transportador. Na maioria das vezes, os veículos fazem embarque nas unidades produtoras e levam a carga para centros de distribuição ou mesmo até o destino final. “Colocamos os caminhões à prova nas aplicações típicas em que vão rodar. E eles estão se saindo muito bem”, reafirma Marco Mildenberg, gerente de eletromobilidade da Volvo.


Autonomia de 300 km O modelo em teste no Brasil tem a configuração cavalo mecânico e 44 toneladas de PBTC (Peso Bruto Total Combinado). O FM Eletric pode ser equipado com três motores que geram 490 Kw de potência, equivalente a 660cv, e até seis baterias de 540kWh. A autonomia prevista é de 300km e o tempo de carregamento vai de 1h30 até 8h, dependendo da quantidade de baterias e o tipo do carregador.


As primeiras entregas de caminhões elétricos da Volvo começaram no último trimestre de 2022 e prosseguem firmes em 2023, com mais de 5.000 unidades entregues. Em maio desse ano, a montadora sueca anunciou a venda de quase 1.000 caminhões para a empresa suíça Holcim, que opera no ramo de construção, para entrega até 2030.


A empresa fabrica em série seis modelos elétricos das famílias FH, FM e FMX. A produção em série teve início na fábrica de Tuve, em Gotemburgo, na Suécia, mas está sendo ampliada para a planta de Ghent, na Bélgica, onde também são produzidas as baterias que equipam os veículos da marca. Até 2030, pelo menos 50% dos caminhões Volvo comercializados no mundo deverão ser elétricos.


Fonte: Frota & CIA

2 visualizações0 comentário
bottom of page