top of page

Movimento nas estradas cai 1,3% em junho, aponta ABCR

No acúmulo dos últimos doze meses, o índice mantem-se positivo em 7,3%


A Associação Brasileira de Concessionários de Rodovias (ABCR) revelou dados do Índice ABCR de junho, que mede o fluxo de veículos nas estradas pedagiadas do país. O movimento de veículos pesados acusou uma variação positiva de 2,9% no mês, na comparação com igual período do ano ano anterior. Enquanto o acumulado do ano foi de 2,4% de aumento, como mostra a tabela.


Thiago Xavier, analista de Macroeconomia e Política da Tendências Consultoria, relativiza a queda de 1,3% no fluxo total. “Precisa ser considerado que há uma sequência predominantemente positiva desde fevereiro de 2022”.


Ele ainda lembra que existe uma tendência de resultados positivos. “A queda do índice total foi marginal e expectativa é de melhora. Principalmente por conta dos veículos leves, que se beneficiam da expansão de gastos familiares. Adiantamento do 13º salário, aposentadorias e liberação de recursos do FGTS fazem parte disso”.


O fluxo de veículos pesados registrou uma queda de 2,4% sobre o mês anterior, mas também tem um futuro animador pela frente segundo Thiago. “O cenário positivo tem a ver com os bons resultados do setor de transporte de cargas. Além da resiliência da produção industrial.”


Índice ABCR em São Paulo

Em São Paulo, a queda foi de 1,2% em junho. Olhando a tabela abaixo é possível perceber a semelhança ao índice do Brasil no geral. Assim como na anterior, o acumulado do ano e a comparação em relação à junho de 2021 é positiva.


Índice ABCR no Rio de Janeiro

Nas estradas com pedágio do Rio de Janeiro a queda foi de 3,4% no mês. Os números, se comparados ao Brasil geral e à São Paulo, são piores na maioria dos quesitos.


O estudo segue o padrão de queda na relação Junho/22 sobre Maio/22 com ajuste sazonal. Mas também marca -1,4% no mês de junho em relação ao ano passado no quesito leves. E -0,3% na comparação total.


Fonte: Frota & CIA


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page